Nova ADM



Olá gatas! Tudo bem? 
Bom, eu sou a nova ADM do SD. Aqui estarei postando meus imagines e fanfics, para fazer a alegria do povo. #Uhuul
Meu nome é Noemi Nogueira. Esquisitinho, né? Eu sei... :/
Tenho 13 invernos, mas daqui a duas semanas eu faço 14 (05/08). #Parabéns-Pra-Miim
Além de Directioner, eu sou Belieber, Flyer, Walker, Hunter, Otome e Tributo.
sou Mrs.Payne e Mrs.Tomlinson. Amoo demais o Dj Malik hehe #Diwoso :p
Adoro ler e escrever. Sou chocolatra. Amoo Imagine Dragons e Coldplay. Pra mim Rock alternativo é vida *-* Beattles, Pink, Pitty e Coldplay é um pedacinho do meu mundo.
Adoro comer e.e. Principalmente hamburguer e tomar MilkShak.
Quero me casar com o Peeta (Josh Hutcherson) ou com o Hunter (Alex Pettyfer) 
Amoooooo demais Supernatural e The Vampire Diaries *-* E sou apaixonada por animes e cosplay.
Um dia sonho em me tornar uma grande escritora de livros de infanto juvenil e viajar pelo mundo inteiro. (A Hospedeira, Dezesseis Luas, ACÉDE)

Sou idiota às vezes. chatinha quando quero. Inteligente? Talvez... rs. Carioca de nasceça e cristã. #SouDeJesus C:



Essa sou eu. =) Espero que gostem de mim. Daqui a pouco vou postar Remember. :* Bjoos da gordaa! ><' ♥♥


Remember me - 17°


"Harry estava na porta"
Minhas pernas fraquejaram no momento e eu só conseguia ficar arrepiada a todo instante. O cara que eu gostava, estava ali, na minha frente. E o mesmo, tinha me magoado.
- H-arry, o-oquê vo-c-cê está faze-endo aqui? - disse gaguejando.
- Eu quero falar com você - ele disse firme, ainda com Zayn o empurrando - Dá pra você parar de me empurrar? - ele disse olhando seriamente para Zayn.
- Ela não quer falar com você. Ela já disse.
- Não disse pra mim - ele retrucou - Eu quero ouvir da boca dela.
Desgraçado. Ele sabe que se eu disser na frente dele, eu não ia conseguir. Ele consegue me subestimar muito facilmente, e eu me odiava por isso. Me odiava mesmo.
Mas olhar naqueles olhos verdes radiantes, aqueles cabelos cacheados maravilhosos, e aquela boca rosada, incrivelmente chamativa, é meio que impossível dizer não.
- Zayn, deixa ele falar comigo.
- (S/N), você é fraca perto dele. Não pode deixar ele te subestimar - disse Zayn revoltado.
- Zayn - escutamos uma quarta voz e olhamos para trás - Deixa ela conversar com ele - era Jheniffer.
- Mas, amor...
- Zayn - ela o encarou - Deixa eles, vem - ela foi até sua direção e o puxou pelo braço com ele reclamando. Sussurrei um "Obrigado" pra ela, e ela sorriu.
Me virei em direção a Harry e o encarei cruzando meus braços à cima do peito.
- Fala logo o que você quer falar comigo.
- Eu sei o que a Ashley te disse.
- Ah, é sério Harry? - disse sarcástica.
- Para com isso - ele me encarou irritado.
- Com isso o quê? - disse chegando mais perto do mesmo.
- De ser tão sarcástica. Eu vim pedir desculpas, não fui eu quem mandei aquilo.
- Foi quem então?
- Ela deve ter pego meu celular, eu não sei - ele disse irritado - (S/N), entenda... Eu sou completamente apaixonado por você, você acha mesmo que eu iria dar um mole desses só pra te deixar magoada? Quantas vezes vou ter que dizer que te amo.
- Quantas vezes for preciso pra você não mentir pra mim - disse séria.
- E você acha que eu estou mentindo? - ele disse chegando mais perto de mim.
- Acho - disse irritada.
- Se você diz - ele me puxou com força e colou nossos corpos, colocando sua mão em minha cintura. Eu já estava completamente arrepiada, e só piora a situação quando ele chega bem pertinho do meu ouvido e sussurra com aquela voz rouca - Nunca diga coisas que você não sabe.
- E você acha que eu não sei que você mente? - disse novamente arrepiada.
- E se eu te provasse que não estou mentindo? - ele disse beijando meu pescoço lentamente apertando minha cintura com suas mãos.
- E como você provaria isso?
- Assim - ele disse chegando bem perto do meu rosto, olhando para minha boca, se aproximando lentamente da mesma e eu comecei a tremer descontroladamente.
E então, aconteceu.
Nós nos beijamos.
Todo ódio que eu estava sentindo no momento por Harry, havia sumido. Agora eu só sentia uma coisa por ele: amor.
Suas mãos subiram até meus cabelos, mexendo nos mesmos com os dedos. Minhas mãos subiram até sua nuca, as acariciando de leve. Borboletas rondavam pelo meu estômago, eu pela primeira vez na vida, eu me senti feliz. Logo, sua língua pediu passagem, e eu lentamente cedi. No mesmo instante, nossas línguas travavam uma pequena batalha, e aquilo estava bom. Extremamente bom.


No mesmo instante, uma onda de enjoo cresceu dentro de mim. E podia sentir algo subir pela minha garganta aos poucos, e descer, e subir. Repetindo o processo diversas vezes.
- Harry - disse enquanto ele não parava de me beijar.
- Hm - disse ele passando seus beijos dos meus lábios para o meu pescoço.
- Harry - o empurrei e ele me encarou estranho. E logo, uma tontura começou a surgir.
- (S/N), você está bem?
- E-eu n-não sei - disse desesperada, me apoiando em alguma coisa.
- Foi o beijo, não foi? Eu sabia que eu beijava mal, meu Deus. Eu sou horrível - ele começou a se lamentar.
- HARRY - ele parou de reclamar e me olhou, na mesma hora que eu me desequilibrei e quase cai, se não fosse por suas mãos me segurando com força.
- (S/N), olha pra mim - ele disse desesperado.
 E na mesma hora, eu apaguei. 

Oi meninas!
Me desculpem por esse capítulo ridiculamente pequeno, é que agora estou muito ocupada estudando para minhas provas que começam semana que vem, onde eu preciso tirar notas boas, então já estou adiantando revisões, trabalhos e afins... Deixarei alguns capítulos arquivados, e pedirei para a Lindsey postar os capítulos para mim enquanto eu não puder. 
Me desejem sorte ♥
Beijos, Júlia.